Repasse Sobre

Conheça nosso projeto e saiba como contribuir!

Repasse: Sobre o projeto

O que é?

O objetivo primário do Repasse é ser uma ferramenta para visualização das transferências do governo federal para a sua cidade e possibilitar a análise do impacto das mesmas.

Como funciona?

Por meio de uma ferramenta de visualização gráfica para grandes quantidades de dados atualizada constantemente a partir de diversas fontes. O usuário pode então contemplar de maneira simples e eficiente centenas de dados simultâneos, e assim obter um rápido dimensionamento sobre a situação dos repasses financeiros para o município de sua escolha, ou ainda comparar os repasses para dois ou mais municípios, no presente e passado.

Qual a origem dos dados?

Os dados de transferência são adquiridos no portal de transparência (www.portaldatransparencia.gov.br), IBGE e para análise das áreas os dados virão de diversas fontes.

Como posso conferir a informação?

Como posso conferir a informação? Os dados utilizados para geração dos gráficos são apresentados em tabelas detalhadas ao final de cada página de visualização, e podem ser comprovados através dos links que indicam suas fontes originais.

O que é o MIQL-T que aparece na página explorar?

MULTIDIMENSION INDEX OF QUALITY OF LIFE AND TRANSPORTS
MIQL-T O MIQL-T é um Índice sintético de bem-estar, inspirado nas mesmas bases teóricas e conceituais que levaram a criação do IDH. Foi desenvolvido por pesquisadores do Observatório Econômico e Social do Bacharelado em Ciências Econômicas da UFABC e do NPQV – Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ele difere do IDH ao incluir mais dimensões e porque procura expressar o impacto da presença da desigualdade na qualidade de vida. Seu cálculo é realizado de forma que, se um determinado município apresentar renda média elevada, mas é muito desigual na distribuição, ele se posicionaria como inferior a um município que tenha a mesma renda média, mas com distribuição mais equitativa. Variando de 0 a 1, valores mais próximos de 1 indicam situações melhores, em termos sintéticos, de qualidade de vida. Os dados utilizados na sua criação são os disponibilizados pelos microdados do Censo de 2010. A partir desses dados, foram criados subindices que expressam diversas dimensões da qualidade de vida. As dimensões que compõem o MIQL-T são: Renda Educação Sobrevivência Infraestrutura Habitação Acesso a informação Acessibilidade (transportes) O MIQL-T, portanto, pode ser interpretado como um indicador de qualidade de vida que avalia o bem-estar em diversas dimensões e que é sensível à presença de desigualdades no interior de cada dimensão. Uma descrição simplificada do cálculo desse índice pode ser encontrada em artigo apresentado no 43º Encontro Nacional de Economia, disponível no link:

ACESSIBILIDADE E BEM-ESTAR: MEDINDO PRIVAÇÕES DA DIMENSÃO DE MOBILIDADE

Uma publicação com o histórico da criação do índice está sendo preparada, contendo também as formas de cálculo de cada componente das dimensões sintetizadas no MIQL-T.

Como posso contribuir?

Nos fornecendo o seu feedback e respondendo um futuro formulário sobre o que concluiu da análise da sua cidade! Futuramente os usuários poderão entrar com informações detalhadas sobre sua cidade e até carregar dados de transferência.

Se você é desenvolvedor você poderá ajudar criando aplicações clientes usando nossa API REST e/ou ajudar no código da aplicação em sí que está no github nos enviando pull requests ou abrindo chamados(somente a partir da versão beta) no próprio github.

Quais os planos para o futuro?

O planejamento da ferramenta pode ser visto abaixo:

Versão Funcionalidades
1.0 Alpha1 Habilitar a análise básica de informações de transferências por mês e ano com API REST e página WEB
1.0 Alpha2 Adicionar dados de muncípio para permitir a comparação das transferëncias com outros municípios
1.0 Alpha3 Adicionar métricas por área e gerar gráficos para análise
1.0 Alpha4 Criação de Ranking das cidades e dos repasses
1.0 Alpha5 Criação da página Evolução, que permitirá comparar os repasses feitos com outras informações do município
1.0 Beta1 Abrir a página para acesso com todos os dados consolidados
1.0 GA Página pronta e com formulário de feedback dos usuários do sistema. Página de análise do retorno dos usuários.

Esperamos no futuro desenvolver módulos que adquiram os dados informados por municípios sobre seus gastos e entradas, em seus respectivos portais de transparência, obtendo assim um cenário mais próximo às movimentações financeiras de cada cidade, visto que na atual versão, o Repasse não leva em consideração recursos financeiros obtidos diretamente no municio, como IPTU e ISS. Com essa melhoria (a qual deve ser elaborada cidade a cidade) será possível avergiuar o fechamento dos balanços financeiros e averiguar eventuais discrepâncias, as quais podem vir a ser indícios de fraudes ou falhas nos sistemas.